A chegada de Tomás Pereira à China

Depois de terem lido “Tomás Pereira, missionário e artista na China dos finais de seiscentos” – oferecido pelo vereador da Educação da Câmara de Vila Nova de Famalicão, Dr. Leonel Rocha – , um grupo de alunas do 5º H apresentou um ppt sobre Tomás Pereira.

Foi uma manhã muito interessante!

Fica aqui o ppt!

tomÁs pereira

Anúncios

Biblioteca de Arnoso: OFICINA DE CALIGRAFIA, PINTURA E DOBRAGEM DE PAPEL

No âmbito do projeto Leituras d’Oriente e d’Ocidente “De Arnoso vê-se o Oriente”, as docentes Peng Bing, Shi Wangxinhei e Bárbara Araújo do Instituto Confúcio da Universidade do Minho proporcionaram à turma do 5º H oficinas de caligrafia chinesa, pintura chinesa e de recortes chineses. Ao longo de duas horas os 19 alunos puderam experimentar de forma entusiástica as diferentes oficinas que decorreram na Biblioteca da Escola de Vale do Este. De notar que alunos e professores ficaram encantados com o que aprenderam acerca da cultura chinesa. No fim os alunos foram unânimes em expressar a sua satisfação com os trabalhos que realizaram e agradeceram às docentes do Instituto Confúcio com um ”Xié xié”.

Falar de Cinema! Com quem sabe!!!

http://media.rtp.pt/praca/artigos/mario-augusto-celebra-30-anos-de-carreira/

https://www.dn.pt/noticias-magazine/interior/mario-augusto-o-senhor-do-cinema-5287562.html

https://www.noticiasmagazine.pt/2016/entrevista-mario-augusto/

https://www.facebook.com/pg/marioaugustocinema/about/?ref=page_internal

http://cineclubedeamarante.blogspot.pt

http://www.closeup.pt

 

AE Maria II recebe Sérgio Franclim e a sua obra Mitos Gregos – o triunfo dos deuses

No dia 11 de maio, teve lugar nas bibliotecas das Escola D. Maria  II e Vale do Este um encontro com o escritor Sérgio Franclin, para apresentação do seu livro  Mitos Gregos – o triunfo dos deuses, cuja temática versa a divulgação da mitologia clássica e do seu valor, enquanto património comum da cultura europeia.

Esta atividade, inserida no do Projeto Ler Pelos Caminhos do Mar e …da Terra, que procura implementar a leitura numa perspetiva interdisciplinar, desdobrou-se em duas sessões, pelas nove horas, na biblioteca da escola D. Maria II e, pelas 11.30, na biblioteca de Arnoso. Na primeira, estiveram presentes 3 turmas (5º A, 5º B e 7º E), na segunda, também 3 turmas (5º H, 7º J e 7º M). Nesta última turma designada, deu-se continuidade  à atividade HM – Heróis em Mar (iniciada no 2º período), igualmente as turmas 7º E e 5º A debruçaram-se e realizaram trabalhos  sobre a obra, no âmbito do referido projeto.

Os alunos, professores e alguns encarregados de educação seguiram com interesse as peripécias dos deuses gregos vivamente contadas pelo escritor Sérgio Franclin. O entusiasmo dos participantes resultou da abordagem interativa da temática e do reconhecimento da mitologia como forma de explicar o que somos e onde estamos.

Manuela Ventura

Maria José Morais

À Conversa com…

Tivemos a honra de dar início, hoje dia 17 de maio pelas 18h30, ao momento… À CONVERSA COM… Um espaço de partilha na biblioteca, entre Encarregados de Educação, comunidade escolar e público em geral. Se a escola é um local de bem estar para os filhos também pode e deve ser para os pais! E a nossa primeira CONVIDADA foi a Alda Silva!

 

Para cultivar a calma e a serenidade é fundamental lançar a semente! E hoje…com o contributo inestimável de uma ENCARREGADA DE EDUCAÇÃO conseguimos dar início à sementeira!👏Queremos agradecer do fundo do coração à Alda Silva por ter sido a nossa primeira convidada!🙏À conversa com… pretende ser um tempo de partilha e de fortalecimento de laços, entre a escola e a família, que voltará um dia destes para parar o tempo e pensar que afinal…pelos nossos filhos é imperioso TER TEMPO! Vale a pena pensar nisto!🤔

Pode ter sido o primeiro passo para uma ESCOLA DE PAIS!

O Lótus Azul – filme e livro

O 5º H esteve na biblioteca de Arnoso para ver o filme de “As aventuras de Tintim – O Lótus Azul”. A seguir analisamos a obra em Banda desenhada.

Fica aqui a sinopse retirada da wikipédia:

“Um mensageiro da China teria um encontro com Tintim e Rawajpoutalah, mas é acertado por uma pequena flecha envenenada com radjaïdjah, o veneno da loucura. Consegue apenas o tempo de pronunciar o nome Mitsuhirato. Tintim parte à procura deste, mas sofre diversos atentados frustrados. Depois de ter encontrado Mitsuhirato, que tenta convencê-lo a retornar à Índia, é levado por Wang Jen-Ghié, um velho homem que combate o tráfego de ópio. Após um atentado, o Japão invade a China e Tintim é preso no conflito. Entretanto, foge e salva a vida de Tchang, um jovem chinês que se torna seu amigo. No desfecho da história, descobre que a quadrilha é dirigida por Roberto Rastapopoulos, que aparece nos Charutos do faraó, e cura Didi, filho de Wang (que adota Tchang), da sua loucura. Com uma lágrima, Tintim deixa-os, partindo para a Europa.”

filme