Alunos visitam Nau Quinhentista e Museu da Construção Naval

No âmbito do projeto “Ler nos caminhos do mar… e da terra” as turmas do 4.º D da EB de Telhado e do 3.º E da EB Lml Louro realizaram uma visita de estudo à Alfândega Régia/Museu da Construção Naval e à Nau Quinhentista, em Vila do Conde. A visita permitiu aos alunos terem contacto com o modo de vida a bordo de uma Nau da época, saberem aproximadamente o tempo de duração de uma viagem até à Índia, percecionarem as condições de higiene e as ameaças à saúde dos tripulantes. Numa breve passagem pela Alfândega ficou-se a ter uma ideia dos impostos sobre as mercadorias, que tipo de mercadorias passavam por lá e quais as mais apreciadas. A visita de estudo possibilitou o conhecimento vários tipos de embarcações usadas na altura dos descobrimentos, o que as diferenciava e como eram construídas.

Uma iniciativa fantástica para conhecermos melhor os caminhos que outrora tecemos no Mar e nos mantiveram ligados à Terra.

Ouvir falar os livros: “A História de Pedrito Coelho”, “Fala Bicho”, “Robertices” e o “O Príncipe Feliz”

A atividade “Ouvir falar os livros” envolveu as turmas de 1.º ciclo das Escolas Básicas de Louro-Mouquim, Quintão, Requião, Telhado e Vale do Este. No 1.º ano a obra escolhida foi “A história do Pedrito Coelho” de Beatrix Potter. Foi dado a conhecer a biografia da autora e lida a história. No fim foi proposto um pequeno trabalho onde as crianças teriam de decorar um coelho com materiais diversos. Todas as crianças gostaram muito da história adquiriram novos vocábulos e seus significados. Aprenderam também uma lição desta história tão bonita.

Para o 2.º ano foram retirados dois poemas do livro “Fala Bicho” cuja autora é Violeta Figueiredo: “O crocodilo” e “O sol poente fala ao lagarto”. Após uma breve apresentação da mesma, e antes dos poemas serem lidos, foi proposto um desafio: o que era comum nos dois poemas? As crianças ouviram os textos e responderam a perguntas e ao desafio proposto. Foi uma atividade interessante e do agrado delas, pois tentaram até memorizar o poema do crocodilo. No fim levaram um sol para decorarem como quisessem.

Para os alunos de 3.º ano, a equipa da biblioteca elaborou uns fantoches com colheres de pau e propôs trabalhar a peça de teatro “A Carochinha” do livro “Robertices”, de Luísa DaCosta, A atividade iniciou com uma breve explicação do que eram os Robertos e porque é que este este tipo de espetáculo era tão apreciado por adultos e crianças. De seguida foi pedido a alguns voluntários que dessem vida aos fantoches e apresentassem o teatro para o resto da turma. Esta iniciativa permitiu que algumas das turmas levassem a mesma peça a outras crianças durante a semana da leitura.

A obra selecionada para os 4.º anos foi “O Príncipe Feliz”, de Óscar Wilde”. Principiámos com uma breve apresentação da biografia do autor seguida da leitura em voz alta do conto. Terminada esta, foi proposta a visualização de uma animação musical em Inglês (ver aqui) que permitiu aos alunos terem contacto com formas menos comuns de trabalhar um texto, ao mesmo tempo que se tentou tornar mais familiar a audição de uma língua estrangeira – o inglês. Os alunos apreciaram a atividade e foram reconhecendo algum do vocabulário usado no vídeo de animação.

Semana da Leitura | Leituras na aula e Famalicão a Ler

Durante esta semana, a equipa da BE, seleciona alguns recursos e disponibiliza-os na sala dos professores de forma a agilizar a leitura de diferentes textos de diversos temas na sala de aula. Este ano, para além das escolas com os 2.º e 3.º ciclos, a equipa das BE montou uma pequena montra de livros nas salas dos professores das escolas do 1.º ciclo de Requião e de Louro-Mouquim. Os professores interessados puderam dedicar alguns minutos da sua aula à leitura, apenas pelo prazer de ler.

 

Semana da Leitura | Concurso “O melhor leitor de Poesia”

IMG_20170306_130422 - Cópia

Resultados do concurso o melhor leitor de Poesia

Categoria Letra Pequena (1º e 2º anos)

1º Prémio

Simão Sousa (EB de Vale de S. Cosme)

Menções Honrosas

Ana Silva (EB de Requião)

Margarida Maia (EB de Louro-Mouquim)

Categoria Letra Grande (3º e 4º anos)

1º Premio

Gonçalo Costa ( EB de Louro/Mouquim)

Menções Honrosas

Inês Ribeiro (EB de Vale S. Martinho)

João Maria Monteiro  (EB de Telhado)

Marco Filipe da Cunha (EB Louro/Mouquim)

Escola Básica de Vale do Este

Categoria Palavra (2º ciclo)

1º Prémio

Gonçalo Amaral

Menções Honrosas

Diana Campos

João Marques

Categoria Frase (3º ciclo)

1º Prémio

Ângelo Ferreira

Menções Honrosas

Diogo Azevedo

Flávio Fontes

Escola Básica de D. Maria II

Categoria Palavra (2º ciclo)

     1º Prémio – ex aequo

 Patrícia Monteiro

 Mariana Simões

      Menções Honrosas

   Diogo Oliveira

Cláudia Silva

Martim Magalhães

Categoria Frase (3º ciclo)

1º Prémio – ex aequo

Bruna Moreira

Ricardo Araújo

Menção Honrosa

Luísa Teixeira

Parabéns a TODOS!

“O prazer de ler e de escrever não é um ato solitário,

é uma forma de entrar em relação com o outro, de partilhar uma paixão.”

Xis (Público) 20061014

Festa da animação

O Agrupamento de Escolas D. Maria II participou na 15ª Festa Mundial da Animação. A iniciativa teve por objetivo assinalar a data do aparecimento do cinema de animação, em 1892, e foi assinalada em mais de 40 países. Assim, de 26 a 2 de novembro, estiveram patentes exposições alusivas ao tema nas Bibliotecas Escolares, e foram projetadas diversas curtas-metragens inseridas no panorama “Animação Portuguesa” e no Prémio Nacional da Animação 2016, nas categorias Profissional, Escolas e Oficinas. Para além destes, foram ainda selecionados outros filmes de animação para projeção, incluídos no Plano Nacional do Cinema. Esta iniciativa foi dinamizada pelo Grupo de Educação Visual e as Bibliotecas Escolares, em articulação com a Casa da Animação do Porto. Envolveu cerca de 600 alunos e permitiu que toda a comunidade educativa pudesse participar neste evento de cariz internacional, que decorreu nas escolas D. Maria II e Vale do Este.

Com o intuito de completar a informação relativa aos filmes vencedores do Prémio Nacional da Animação 2016 partilhamos os resultados obtidos a nível nacional. Na categoria Profissional, o primeiro lugar foi atribuído à curta-metragem “Estilhaços”, realizado por José Miguel Ribeiro, da Praça Filmes. Na categoria Escolas, foi distinguido o documentário animado “Pronto, era assim” realizado por Joana Nogueira e Patrícia Rodrigues. Na categoria Oficina o prémio foi para a curta de animação “Da janela da minha escola”, orientado por Tânia Duarte e realizada pelas crianças do 3.º ano da escola EB1 de São Miguel do Rio Torto.

Para mais informações sobre esta iniciativa veja aqui.

Lançamento do livro realizado no ateliê de escrita criativa

Hoje o Centro de Estudos Camilianos recebeu as quatro turmas, de 4.º ano, envolvidas no ateliê de escrita criativa e lançou o livro “és um anjo”. Este pequeno livro é uma compilação de textos realizados por alunos, de diferentes escolas do concelho, num ateliê orientado pelo escritor Pedro Chagas Freitas. O desafio foi lançado pelo Centro de Estudos Camilianos, o mote dado foi a obra A queda de um anjo de Camilo Castelo Branco, a criação dos textos foi orientada de forma lúdica e criativa por Pedro Chagas Freitas e o resultado foi um conjunto de textos cheios de imaginação reunidos num só livro.

Neste projeto estiveram envolvidas as turmas 4.ºC da EB de Cruz, o 4.ºH de Louro-Mouquim e o 4.ºD de Requião.

Uma experiência enriquecedora para os alunos a diversos níveis. Com ela os alunos tiveram contacto com formas criativas para a produção de textos, contacto com um escritor reconhecido, momentos de partilha com turmas de outras escolas e alguns ainda viram o seu trabalho ser dramatizado por alunos de outra escola. Momentos fantásticos que muitos irão recordar para sempre.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Ouvir falar o livro “A Flor vai ver o mar”

Terminou no passado dia 30 de maio a atividade “Ouvir falar os livros”, no âmbito da Educação Literária que esta Biblioteca levou a cabo. Esta atividade desenvolveu com o 1.º ano a obra “A Flor vai ver o mar” de Alves Redol.

Antes da narração da obra foi-lhes transmitido a biografia do autor, assim como, foi-lhes explicado o significado dos vocábulos desconhecidos. Para esta atividade recorreu-se ao livro digital e como proposta de trabalho foi-lhes sugerido uma ficha de trabalho.