Concurso Dia Europeu das Línguas – 26 de setembro

O Ano Europeu das Línguas (AEL) 2001, organizado conjuntamente pelo Conselho da Europa e pela União Europeia, envolveu com sucesso milhões de pessoas nos 45 países participantes. As atividades desenvolvidas celebraram a diversidade linguística na Europa e promoveram a aprendizagem de línguas.

Na sequência do êxito do AEL-2001, o Conselho da Europa instituiu o Dia Europeu das Línguas, a ser celebrado todos os anos no dia 26 de setembro. Os objetivos gerais do Dia Europeu das Línguas são:

  1. Alertar o público em geral para a importância da aprendizagem das línguas e diversificar a oferta linguística de modo a incrementar o plurilinguismo e a compreensão intercultural;
  2. Promover a riqueza da diversidade linguística e cultural da Europa, que deve ser preservada e valorizada;
  3. Fomentar a aprendizagem de línguas ao longo da vida, dentro e fora da Escola, seja para fins académicos ou profissionais, seja para fins de mobilidade ou por prazer e intercâmbio.

Assim, as Bibliotecas do Agrupamento de Escolas de D. Maria II pretendem assinalar este dia com um concurso.

 

 

Anúncios

Exposição “Modelos do Sistema Solar”

No próximo dia 8 de abril assinala-se o Dia Mundial da Astronomia. Assim, com o intuito de comemorar esta data, ao longo do 1.º e do 2.º período letivo, na disciplina de Físico-Química e em colaboração com a Biblioteca Escolar, os alunos de 7.º ano de escolaridade, do Agrupamento de Escolas D. Maria II, idealizaram e concretizaram Modelos do Sistema Solar. Estes Modelos, em que é possível comprovar o empenho e a dedicação que os alunos envolvidos colocaram na concretização do projeto que lhes foi proposto, vão estar expostos entre os dias 5 e 8 de abril na Biblioteca Escolar.

Semana da Leitura | Concurso “O Melhor Leitor de Poesia” – Categorias palavra e frase

Click to play this Smilebox slideshow
Create your own slideshow - Powered by Smilebox
Customize your own picture slideshow

No dia 9 de março foi a vez dos alunos de 2.º e 3.º ciclos da EB Vale do Este participarem no Concurso “O Melhor Leitor de Poesia”. A biblioteca escolar de Arnoso recebeu alunos e professores para assistirem a mais um momento de poesia. Os concorrentes declamaram algumas poesias de autores conhecidos e outras escritas por alunos que aceitaram o desafio de ouvirem os seus poemas interpretados por colegas. Muito, muito bom.

Aqui fica a classificação obtida:

Categoria “Palavra” (2.º ciclo)

1.º Lugar

Diogo Azevedo (6.ºF)

Menção Honrosa

Diana Araújo Campos (5.ºD)

Categoria “Frase” (3.º ciclo)

1.º Lugar

Flávio Fontes (7.ºE)

Menção Honrosa

Rui Rego (7.ªE)

Outras vozes na biblioteca – Uma viagem ao passado

O Teatro Portátil veio à escola e foi na Biblioteca que subiu ao palco para dar a conhecer uma das obras de Gil Vicente aos alunos de 9.º ano. A companhia de teatro “Precipício” encantou todos os espectadores, respondeu a algumas perguntas colocadas pelos alunos e permitiu a elaboração do texto que se segue por três alunos do 9.ºF.

“As vozes silenciosas dos livros deixaram de ecoar no nosso espírito, contudo, surpreenderam-nos as vozes dos atores da peça – o Auto da Barca do Inferno.

Lá fora, os raios tímidos de sol foram alegrados pela dança e pela magia transmitidas pelos atores. Uma cruz e um manto vermelho, símbolo da barca do Inferno, subitamente se transformavam num manto azul e branco que sugeria o céu, para onde iam os seres que praticavam o bem.

Esta mudança de cenário tão simples, tão mágica e tão repentina causou em nós uma enorme admiração e deu vida aos contos, aos romances e às obras de teatro da nossa biblioteca.

As personagens tiveram um desempenho fabuloso que, desta forma, nos conseguiram divertir através dos diferentes tipos de cómico e, ao mesmo tempo, embarcamos numa viagem ao século XVI. Parecia que, como espectadores, mudávamos de vestuário e fazíamos essa longa viagem.

É de notarmos também a criatividade, o dinamismo, a naturalidade de expressão e a interação dos atores connosco, à medida que representavam as diferentes personagens.

Depois do canto e da dança, surge então o Fidalgo autoritário e convencido do seu estatuto mas, tal como o político de hoje, pelo seu autoritarismo e fraudes, depressa foi condenado. Ao mesmo tempo, entoavam canções e os espectadores riam-se hilariantemente do castigo e da humilhação sofridos pela personagem.

A entrada do Onzeneiro foi surpreendente, pois fez-nos lembrar o «jogo do saco» que vinha vazio, mas trazia um coração cheio de avareza e de ambição, o qual remete para o banqueiro atual, que enriquece à custa do povo.

De seguida, entra um inesperado momento de rap, em que o Parvo insulta o Diabo com palavrões que nos deslumbram, uma vez que todas as personagens se submeteram ao Diabo. Ignora a barca infernal e dirige-se ao Anjo que, por sua vez, o manda aguardar junto à barca, já que não tinha pecados, como a maioria dos restantes.

Ao assistir a esta peça, todas as ideias que tínhamos acerca deste auto foram relembradas e aperfeiçoadas outras. Foi um momento esplêndido! Foi como se tudo o que tínhamos imaginado ao estudar/ler cada cena estivesse em pleno séc. XVI.

Foi mágica a forma como cada ator desempenhou o seu papel. Sentimo-nos presos a cada detalhe, fala e gesto. Assim, a nossa biblioteca e nós sentimos o íntimo e a vida dos livros!…

Pelos espectadores do 9ºF:

Carlos Ferreira, Daniela Costa e Sara Costa

Para saber um pouco mais sobre este grupo visite a página ou se preferir ver algumas partes da peça veja o vídeo aqui.

 

 

 

 

Exposição de Rosas dos Ventos

Decorreu de 11 a 15 de janeiro a exposição de Rosas dos Ventos realizadas pelos alunos dos 7.º anos, na disciplina de geografia. Alguns dos trabalhos expostos suscitaram a curiosidade dos nossos utilizadores pela originalidade dos materiais utilizados.

À exposição foram adicionados alguns recursos para nos “orientarmos” melhor no assunto…

Caso não tenha visitado a exposição sugerimos a visita desta página.

Hora de V.O.A.R. – 5 livros | 5 filmes

Para comemorar o Dia Mundial do Livro e encerrar o mês de abril a biblioteca escolar de Arnoso irá ter durante 5 dias, 5 filmes que foram realizados a partir de 5 livros. A seleção das obras foi feita tendo como base o fundo documental existente e de forma a abranger, em diferentes momentos, os alunos dos três ciclos existentes na escola. Paralelamente decorre uma exposição de filmes inspirados em livros com o intuito de melhorar a literacia cinematográfica.

 HORA de voar dia do livro