Grandes Nomes: David Machado

É sempre um privilégio receber escritores! Mas, desta vez, o privilégio foi muito maior!!!

A ideia de convidar o David Machado surgiu na Biblioteca D. Maria II entre colegas. As professoras Carla Pinto e Ermelinda Miranda foram, sem dúvida, as impulsionadoras! E como o sonho e a vontade comandam a vida…estabelecemos o contacto com o David conseguindo agendar o dia e hora do encontro. No dia 10 de maio recebemos o Escritor na D. Maria II e no Centro Escolar de Louro/Mouquim! Ficam agora alguns registos do dia que, certamente ficará na memória!!!

Aos professores e alunos que gentilmente acederam ao nosso convite para participar, o nosso MUITO OBRIGADA!

Um agradecimento também à Professora Bibliotecária Carla Machado e à Professora Assunção Santos que prontamente agilizaram a receção ao escritor no Centro Escolar Louro/Mouquim!

Click to play this Smilebox collage
Depois do premiado “Índice Médio de Felicidade”, David Machado regressa ao romance e divide “Debaixo da Pele” em três histórias que, no fundo, giram todas à volta da mesma infância.

 

Anúncios

Encontro com o Escritor David Machado

David Machado nasceu em Lisboa em 1978. Publicou os romances, O Fabuloso Teatro do GiganteDeixem Falar as PedrasÍndice Médio de Felicidade (Prémio da União Europeia para a Literatura, Prémio Salerno Libro d’Europa) e Debaixo da Pele. Publicou, além disso, vários contos para crianças, entre eles, A Noite dos Animais Inventados (Prémio Branquinho da Fonseca 2005), O Tubarão na Banheira (Prémio Autor SPA/RTP 2010), A Mala AssombradaParece Um PássaroEu AcreditoUma Noite Caiu Uma Estrela e Os Livros do Rei. Os seus livros estão publicados em mais de uma dezena de línguas.

Hora do conto – A Árvore

Olá. Aqui está o resultado! 

Chegou a Primavera!!!

Abraço
 As Professoras Carla Ferreira e Cátia Veloso são colaboradoras da Biblioteca D. Maria II e desenvolvem o seu trabalho em torno da Hora do Conto! E executam lindos trabalhos, como podem ver! O nosso agradecimento pelo carinho demonstrado!
Somos BIBLIOTECA!
Pois…os rostos lindos que estão na foto…são de duas das nossas Alunas Monitoras!

https://contadoresdestorias.wordpress.com/2009/07/16/a-arvore-sophia-de-mello-breyner/

Livros… mesmo debaixo do teu nariz!

O nosso Livro

Deixa-me dizer-te, meu caro, pode bem acontecer que vás através da vida sem saber que debaixo do teu nariz existe um livro no qual a tua vida é descrita em todo o detalhe. Aquilo do qual nunca te deste conta antes, vais relembrando aos poucos, assim que comeces a ler esse livro, e encontras e descobres… alguns livros tu lês e lês e não lhe consegues encontrar qualquer sentido ou lógica, por mais que tentes. São tão “espertos” que não consegues perceber uma palavra daquilo que dizem… Mas esse livro que talvez esteja logo debaixo do teu nariz, tu lês e sentes-te como se tivesses sido tu próprio a escrevê-lo, tal como – como é que hei-de dizer ? – tal como tivesses tomado posse do teu próprio coração – qualquer que este possa ser – e o tivesse virado do avesso de forma que as pessoas o consigam ver, e descrito com todos os detalhes – tal e qual como ele é! 
E como isto é simples, meu Deus! Porquê, eu próprio poderia ter escrito este livro! Porquê, de facto, porquê é que eu próprio não escrevi este livro!

Fiodor Dostoievski, in “Pobre Gente” 


A prenda certa para o teu Natal!
Leva os teus Pais ou familiares às nossas Feiras do Livro! 
Estaremos nas BIBLIOTECAS ;) EB1 de Nine, EB1 de Requião, 
EB2,3 de Vale do Este e na EB2,3 D. Maria II!
 

A Vida de um Livro

Acredito que a vida de um livro enquanto está nas mãos do autor não é mais importante do que quando está nas mãos do leitor. O leitor é quase sempre um autor ele próprio. É ele que dá significado às palavras e por isso até acho muito interessante quando as pessoas me vêm apontar coisas que não eram minha intenção, mas que de facto estão lá. E há muitas outras coisas que foram minhas intenções e que nunca ninguém me referiu, e no entanto também lá estão. Se calhar alguém reparou nelas ou ainda vai reparar. Tudo o que um leitor leia num livro é legítimo porque nessa fase o leitor é tudo, é ele que faz o livro. 

José Luís Peixoto, in ‘Diário de Notícias (2003)

Halloween em Vale do Este! ;)

Na biblioteca de Vale do Este celebrou-se o Halloween de 30 a 3 de novembro. Contamos com a preciosa ajuda de alguns elementos do 9ºE para a decoração da biblioteca.
Os alunos do 3º e 4º anos participaram com a exposição de chapéus de bruxas!
Todas as turmas do 1º ciclo ouviram a história “O rapaz que tinha medo”, obra pertencente ao Plano Nacional de Leitura.