Exposição Luz e Som

Na semana de 29 de maio a 2 de junho, os alunos do 8º ano de escolaridade, do Agrupamento de Escolas D. Maria II, promoveram, no âmbito da disciplina de Físico-Química, nas Bibliotecas Escolares do Agrupamento, uma exposição, com trabalhos realizados pelos mesmos, sobre o som e a luz.

Esta atividade teve como intuito assinalar o Dia Mundial da Energia e, entre outros, a divulgação à Comunidade Escolar de alguns conceitos/conteúdos abordados nas aulas da disciplina de Físico-Química.

Assim, encontram-se expostos diversos materiais/equipamentos como, por exemplo, antigos aparelhos de som; instrumentos musicais; periscópios; caleidoscópios e projetores de imagens.

Os diversos materiais/equipamentos têm sido alvo da curiosidade e interesse de um grande número de alunos do Agrupamento, facto que comprova o empenho e a dedicação que os alunos do 8.º ano de escolaridade colocaram na planificação e execução do Projeto que lhes foi proposto pelos docentes da disciplina de Físico-Química.

PARABÉNS aos alunos do 8.º ano de escolaridade do Agrupamento de Escolas D. Maria II.

Texto de José António Martins

Dia Mundial da Criança na EB Vale do Este

As crianças do Jardim de Infância do Altinho e alunos do 1º Ciclo da Escola Básica de Vale do Este – Arnoso Santa Maria comemoram, em conjunto, o Dia Mundial da Criança, assistindo na Biblioteca da Escola, à representação do Teatro Infantil “O Principezinho” apresentado pela Associação Artística ETCetera Teatro, de Vila Nova de Gaia, proporcionado pela Junta de Freguesia.

Este clássico da literatura infantil, recomendado pelo programa nacional de leitura, foi escrito por Antoine de Saint-Exupéry. Conta a história de um menino que vivia sozinho num asteroide e que passava os seus dias a limpá-lo e a cuidar de uma bonita, mas arrogante, rosa. Ao decidir viajar pelo Universo e com o intuito de explorar o mundo e conhecer os seus habitantes, o Principezinho, que aqui surge como uma marioneta com um 1,5m de altura, cruza-se com outras personagens sendo exemplos a raposa, o rei, o geógrafo, a serpente, o homem de negócios, entre outros que o ajudam a compreender o significado da amizade. Em diálogo com o aviador, o principezinho, ainda que inocentemente, evoca os valores que deveriam ser os essenciais da vida e que o “essencial é invisível aos olhos.

Foi mais uma atividade de articulação entre o Pré-escolar e o 1º Ciclo do Ensino Básico desta escola tendo constituído uma oportunidade para os mais pequenos assistirem a uma peça de teatro e interagirem com atores.

No final da representação, os alunos, tiveram a oportunidade de colocar questões relativas ao teatro e à compreensão da peça a que assistiram, aos valores e mensagem que ela transmite e que podem ser aplicadas na vida das pessoas.

Tiveram ainda a oportunidade de colocar questões relativas ao teatro à vida e trabalho dos atores e de verem e contactarem com os adereços utilizados e com o guarda-roupa, satisfazendo a sua curiosidade.

A representação foi muito do agrado dos alunos que se mantiveram muito atentos e “presos” aos acontecimentos que se desenrolaram diante dos seus olhos.

Artigo de Bráulio Vilaça

Exposição de telas

No segundo período, os alunos do 8.º ano do Agrupamento de Escolas D. Maria II, na disciplina de Educação Visual, concretizaram uma atividade com grande satisfação: pintaram uma tela com tinta acrílica.

Partindo do estudo de movimentos artísticos do séc. XX, da arte contemporânea e da análise de obras de arte de alguns pintores, os discentes aplicaram a técnica de pintura sobre tela, na reinterpretação de uma obra de arte, utilizando a tinta acrílica na aplicação da cor.

Os trabalhos foram expostos na biblioteca da EB de Vale do Este na última quinzena do mês de maio.

O violino de Lao Tá

No dia 28 de abril todos os alunos do 1.º ciclo das EB Vale do Este e de Telhado puderam assistir à dramatização do conto “O violino de Lao Tá”, apresentada por alunos das turmas dos 3.º e 4.º anos da EB de Vale do Este a partir de uma pareceria estabelecida com a sociedade de autores – Ensemble.

“O violino de Lao Tá” conta-nos a história de um príncipe do oriente que sabia tocar muito bem o seu er hu (instrumento popular nas minorias étnicas do noroeste chinês semelhante a um violino, criado à mais de mil anos) mas que adorava jogar e apostar. Numa dessas apostas perde todos os bens e volta a dedicar-se à música… encantando uma princesa!!…e os espetadores ficaram encantados também.

Autorretratos

Estiveram expostos, nas Bibliotecas Escolares D. Maria II e de Arnoso, alguns autorretratos desenvolvidos na disciplina de educação visual por alunos de 9.º ano. Os trabalhos foram concebidos recorrendo a diferentes materiais e técnicas, mas todos eles retrataram um pouco do que os “artistas” pretenderam tornar público sobre si mesmos. Os trabalhos puderam ser apreciados de 26 de abril a 5 de maio.

Reportagem fotográfica ao cuidado do nosso colega Acácio Sanches, sobre os trabalhos presentes na Biblioteca D. Maria II 😉 Obrigada!

Parabéns Professora Cidália Alves e alunos! Temos artistas!

Reportagem fotográfica ao cuidado do nosso colega Acácio Sanches, sobre os trabalhos presentes na Biblioteca Escolar de Arnoso.

 

Auto da Barca do Inferno

No passado dia 18, às 12 horas, a Companhia de Teatro Precipício – Teatro Portátil interpretou, na Biblioteca Escolar da Escola Básica do Vale do Este, o Auto da Barca do Inferno, do nosso grande dramaturgo Gil Vicente. Assistiram alunos do 9.º ano, visto que a peça integra o seu currículo escolar, que se deliciaram com uma atuação positivamente diferente e não raras vezes interativa. Assim, estiveram atentos e concentrados ao longo da interpretação, respeitando o trabalho dos atores. Foi um exemplo claro de que poucos (atores) podem fazer muito e bem.